Giro Marília -Morre em São Paulo o jornalista e radialista Gil Gomes

Rádio e TV perderam uma das vozes mais icônicas do jornalismo policial. Faleceu na madrugada desta terça-feira o jornalista Gil Gomes, 78 anos, após um mal estar em casa.

Socorrido por equipe do Samu, o jornalista foi levado para o pronto-socorro do Hospital São Paulo mas faleceu em consequência de um câncer.

Nascido em 1940 em São Paulo, Cândido Gil Gomes estreou no jornalismo aos 18 anos como repórter esportivo. Em 1968 passou a atuar em reportagens gerais para a Rádio Marconi e ganhou público em uma cobertura de agressão sexual.

A popularidade do rádio explodiu na TV com participações no popular “Aqui Agora”, do SBT. Em 2005 foi diagnosticado com Mal de Parkinson, o que o afastou da TV, o que provocaria seu afastamento das grandes redes.


Voltou ao ar em 2016, em um programa de TV patrocinado por uma rede de farmácias. Nos últimos meses reencontrou público pelas redes sociais, em vídeos sobre seu cotidiano e alguns amigos com o mesmo estilo e gestos que fizeram sua fama no jornalismo.


Últimas Notícias