Giro Marília -Bauru confirma primeira morte de mulher com H1N1 em 2018

A Saúde de Bauru notificou a morte de uma mulher de 54 anos em consequência por infecção com o vírus H1N1, da Gripe A. É a primeira morte em decorrência da doença naquela cidade neste ano.

A vítima morava no centro da cidade e integrava o chamado grupo de risco, mas não havia sido vacinada. Era obesa e tinha doença cardiovascular crônica. Foi internada com caso de gripe que evoluiu para quadro de pneumonia.

A morte ocorreu na segunda, dia 11, durante atendimento na UPA da Bela Vista, mas sói agora saiu a confirmação de teste positivo para H1N1. A doença já provocou outros óbitos no Oeste. Apesar disso, a campanha de vacinação vem sendo repetidamente prorrogada porque não atinge metas entre os grupos prioritários.

Em Marília foram aplicadas 54.526 doses, com maior cobertura entre idosos (82,09%) e mulheres que deram à luz recentemente (68,22%.

Crianças com 51,83% de vacinados são o público que mais preocupa. Não há percentual sobre vacinação nos grupos de comorbidades – como o da mulher em Bauru. Foram aplicadas 5.545 vacinas em pessoas com doenças respiratórias, 1.995 em diabéticos e 1.033 em pacientes com cardiopatias.


Últimas Notícias