Giro Marília -Cobrança ilegal usa cartórios e bancos para golpe no comércio de Marília

A diretoria da Acim (Associação Comercial e Industrial de Marília) divulgou nesta sexta um alerta para empresários contra novo golpe que envolve envio de cobrança ilegal via cartórios, com alto risco para os comerciantes.

Uma cobrança via Correios é enviada aos comerciantes em nome de um cartório de notas e as consultas indicam um título bancário registrado por falta de pagamento. O golpe inclui até a emissão ilegal de um boleto por compromissos fictícios em serviços de publicidade, sem conhecimento do comerciante .

Os advogados da associação comercial mariliense estão encaminhando à Promotoria Pública todos os dados recebidos por comerciantes associados, bem como documentos envolvidos e pesquisa realizada.

“Estamos oficializando às autoridades para que iniciem um levantamento neste sentido e esclareça a questão. Bancos e cartórios estão sendo usados e indiretamente prejudicam o comerciante que é a maior vítima”, disse o presidente da Acim, Adriano Luiz Martins.

Pior. É impossível sair do golpe sem gastos ou transtornos. Mesmo para contestar a cobrança ilegal é preciso a intervenção de um advogado e iniciar um processo jurídico de sustação de protesto.

 “Se pagar no cartório, não recupera o dinheiro e pode virar refém do golpista. Quem for vítima que nos procure para reforçar a nossa documentação junto a promotoria pública”, comentou.


Últimas Notícias