Giro Marília -Codem nasce com sete prioridades e nova relação de poder na cidade

Um encontro com aproximadamente cem representantes de diferentes instituições em Marília apresentou nesta segunda-feira a minuta de projeto de criação do Codem (Conselho de Desenvolvimento Estratégico de Marília) com lista de sete prioridades inicias e novo modelo para poder de decisão na cidade.

O projeto prevê o conselho como um órgão consultivo e deliberativo para “formular e fazer executar as políticas de desenvolvimento econômico, sustentável e estratégico”, autonomia que nunca foi dada a qualquer um dos conselhos existentes na cidade. Terá 11 competências, que incluem pesquisas, formação de convêniose elaborar propostas de isenções e outras iniciativas fiscais.



O encontro apresentou ainda relatório do workshop realizado em abril com diversos grupos de debate que estabeleceu as sete prioridades para a primeira fase: Saneamento e resíduos sólidos urbanos, planejamento urbano e mobilidade, inovação e TIC, saúde, Gestão pública, desenvolvimento econômico e Educação.

Câmaras setoriais farão discussão em cada área de prioridade e levarão as ideias à Plenária, órgão máximo do conselho, que terá 32 integrantes que envolvem poder público, empresas, sindicatos, conselhos, entidades civis como a a própria Acim, Matra, universidades públicas e privadas, OAB, Crea, Conselho de Arquietos, Rotary, Lions, Maçonaria, órgãos públicos de segurança e grupos religiosos, entre outros.

“Curiosamente o encontro mostrou que saneamento e resíduos são principal problemas mas também a maior oportunidade da cidade”, destacou o empresário Adriano Luís Martins, presidente da Acim (Associação Comercial e Industrial de Marília).

A associação foi o centro da organização dos debates e formatação do conselho desde as primeiras reuniões, em 2017.

O prefeito Daniel Alonso e o presidente da Câmara de Marília, Marcos Rezende, já receberam a minuta do projeto. Daniel assumiu o compromisso de levar adiante a proposta.

Fez mais. Adiantou compromisso de campanha eleitoral - é virtual candidato à reeleição-  e disse que programa de governo terá como base as propostas do conselho a ser criado.

“O trabalho pode começar, como muitas cidades já fazem, antes da formalização do conselho. A formalização é um passo legal, mas a cabeça da sociedade já está definida, entendo que no caso de Marília é irreversível. Acidade já tomou essa decisão, resolveu que quer fazer. È um grande desafio e pensa que Marília está na hora certa. Todos os candidatos terão a oportunidade de aderir.” – Sílvio Barros, ex-prefeito e ex-dirigente do Codem em Maringá e consultor do projeto em Marília

“A sociedade está unida em olhar o interesse da população e da cidade acima de tudo. Tem início e não tem fim mais. Daqui para frente todos tem que participar e contribuir para o bem de todos.” - José Geraldo Garla, do grupo Marilan e da Matra (Marília Transparente).

“Sempre que a sociedade se reúne para o bem comum os resultados sãoi muito bons. Melhor agora que temos poder Executivo e Legislativo que estão ouvindo e interessados na implantação desse sistema para um planejamento melhor. É um caminho bom, uma caminho sem volta e caminho do futuro.” – José Aparecido Rossato, fiscal de rendas aposentado.

“O desenvolvimento econômico é parte do escopo do trabalho, o Conselho é de Desenvolvimento Estratégico, planeja atuar em diferentes frentes, que lá para frente tende a dar resultados em todas as áreas, não focar apenas na economia, mas nas áreas que precisam de fomento para desenvolvimento.” – Gilberto Rossi, presidente do COnsleho de Turismo, coordenador do  Marília Convention & Visitors Bureau.

“O planejamento daquilo para o que se quer do futuro é algo importante para encontrar resultados em médio e longo prazo, então esse conselho tem essa natureza, de poder ter previsão do que ser para Marília nos próximos 20 anos. A junção das universidades, de todos os segmentos, e da vontade política, é importante, estaremos juntos pensando na cidade” – Edinilson Donizete Machado, advogado e coordenador do curso de Direito do Univem. 

Confira na galeria mais imagens da apresentação do projeto


Últimas Notícias