b
Giro Marília -Daniel quer criar secretaria e novos cargos comissionados

A onda de criação e extinção de cargos com uma dnaça de assessores sem concurso para a gestão Daniel Alonso ganhou mais um capítulo. O prefeito enviou ara a Câmara um projeto de lei complementar - o número 3 de 2019 - para criar uma nova secretara, a de Tecnologia da Informação, e reorganizar cargos.

Segundo o projeto, a administração prevê a extinção de 69 cargos mas o projeto lista 82 funções com nomeações, o que leva a 13 novos assessores sem concurso.

A nova pasta vai assumir “todas as atividades nas áreas de tecnologia da informação e de telecomunicações”. Abrange desenvolvimento de sistemas e infraestrutura da rede para os serviços públicos, mas prevê até a ‘manutenção de computadores e dispositivos de informática’.

A nova pasta fará ainda ‘elaboração de memoriais descritivos para processos licitatórios, acompanhamento e gestão de contratos e gestão de qualquer processo relacionado à área.

Enquanto a cidade amplia e multiplica cursos superiores e centros de inovação e pós-gradução na área, Daniel prevê a nomeação de um secretário e um secretário adjunto que podem ter curso superior mas podem ser nomeados com “ensino médio e curso na área de informática”. Não há detalhes sobre os cursos a que a lei se refere.

Daniel Alonso diz na exposição de motivos que ‘a maior parte da estrutura já existe’. Na verdade ele vai dobrar esse número. A pasta vai absorver três cargos que já existem – dois da secretaria de Administração e um da Educação - e criar outros seis, incluindo o secretário e três assessores diretos, além dois novos coordenadores.

E é só parte das criações. O projeto reorganiza dezenas de cargos comissionados – uma estrutura que cria problemas judiciais, repetidas sentenças e manobras legais do prefeito para manter as nomeações desde o início do mandato.

Daniel cria a função de assessor da chefia de seu gabinete, que vai provocar três nomeações, e prevê cargos de secretários adjuntos, chefes de gabinetes e assessores de gabinetes para as secretarias.

Também cria duas novas diretorias: Diretor da Frota Municipal e  Diretor de Arrecadação de Tributos. Veja abaixo a reprodução do projeto com todos os cargos criados.


(*) Três das funções já existem, Daniel cria duas novas

















Últimas Notícias