Giro Marília -HC transfere pacientes após transtornos com atraso de cirurgias

Pacientes internados no HC com cirurgias ortopédicas atrasadas

A superintendência do Hospital das Clínicas de Marília pediu e conseguiu encaminhar para outras instituições pacientes que aguardavam cirurgias ortopédicas em Marília. A medida foi uma das soluções para uma crise aberta com cancelamento e atraso em procedimentos.

O caso ganhou visibilidade nesta sexta depois que uma paciente, que é funcionária do Complexo Famema – responsável pela gestão do hospital – divulgou um protesto em redes sociais (veja aquihttps://www.giromarilia.com.br/noticia/giro-marilia/hc-marca-e-cancela-cirurgia-tres-vezes-e-paciente-protesta-cansada/14383).

Em comunicado enviado ao Giro Marília, o Hospital informa que os atrasos foram provocados por pane e demora na chegada de peças para um equipamento de imagens que dá suporte às cirurgias.

Segundo o comunicado, os procedimentos foram reagendados e haverá prioridade para as cirurgias que ficaram atrasadas. A paciente que divulgou o protesto chegou a dar entrada no centro cirúrgico mas foi levada de volta para seu leito.

Familiares de pacientes também divulgaram manifestações de protesto pela insegurança provocada pelos atrasos, transtornos com afastamento das famílias e preocupação com as condições.

Segundo as mensagens, a fila deixou uma ala com 18 pacientes para usar um banheiro e sem sistema de ventilação. O comunicado oficial não fala nada sobre a deficiência da estrutura ou o número de cirurgias atrasadas. Veja abaixo a íntegra da mensagem do HC.

Para os procedimentos cirúrgicos para alguns pacientes da Ortopedia do HCFAMEMA, é necessário o equipamento denominado arco cirúrgico”. Entretanto, o equipamento quebrou nos últimos dias de 2018 e necessitou de peças de reposição. A Diretoria já tomou todas as providências para a aquisição de peças e o conserto do equipamento.


As peças de reposição do arco cirúrgico do Hospital das Clínicas de Marília foram solicitadas, mas ainda não chegaram. Diante disso, a Superintendência do HCFAMEMA efetuou em São Paulo a locação de dois equipamentos (arco cirúrgico). Os equipamentos chegaram na tarde de  quarta-feira (16) e imediatamente foram instalados.

A partir da utilização dos equipamentos,  as cirurgias da Ortopedia foram reagendadas. As equipes passaram a dar prioridade total para as cirurgias que ficaram atrasadas pela pane no equipamento. As equipes intensificarão todas as agendas para normalizar a situação.

No caso de alguns pacientes, as equipes tentaram efetuar os procedimentos por outras técnicas, mas não foi possível.


Diante do problema, nos últimos dias o NIR (Núcleo Interno de Regulação) conseguiu encaminhar alguns pacientes via CROSS (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde) para procedimentos em  outras instituições.”


Últimas Notícias