b
Giro Marília -Indústria demite mais em dezembro mas fecha 2018 com alta na região

A pesquisa "Nível de Emprego Regional", desenvolvida pelas diretorias do Ciesp (Centro da Indústria do Estado de São Paulo) mostra que a região de Marília teve queda de 0,9% no volume de vagas em dezembro de 2018 mas fechou o ano como a sexta do Estado em geração de empregos.

A região terminou o ano com alta acumulada de 1,45% no volume de empregos gerados, resultado melhor que em Sorocaba (1,16%), Campinas (0,85%) e Bauru (0,53%) entre as regiões com índices positivos.

Jaú, com queda de 25,34%, Prudente (- 5,23) e Araçatuba (-3,13) são algumas das regiões com destaques em índices negativos no acumulado do ano.

Indústrias têxteis, com corte de 4,114%, foi o setor com maior volume de demissões em Marília em dezembro. Um crescimento de 2,9% no setor de metais reduziu o impacto das demissões.

A pesquisa foi divulgada nesta sexta-feira pela Fiesp  e mostra que em todo o Estado foram fechadas 38,5 mil vagas de emprego em 2018.

O segundo vice-presidente da Fiesp, José Ricardo Roriz, disse que o desempenho da economia no segundo semestre ficou abaixo da expectativa, confirmando um ano de baixa na indústria paulista.

“Fechamos dentro do previsto, nada diferente do que havíamos analisado ao longo do ano. Mas agora temos otimismo. A confiança do empresário aumentou muito. Possivelmente, em 2019 vamos ampliar em 10 mil os postos de trabalho na indústria paulista. Nas nossas previsões, o crescimento do PIB deve ser de 2,5%. A perspectiva do empresário é de confiança, de um ano melhor”, disse.


Últimas Notícias