b
Giro Marília -Univem firma convênio e inclui tecnologia em curso de Direito em Marília

O Univem (Centro Universitário Eurípides de Marília) assinou na noite desta terça-feira durante o segundo dia da Jornada Jurídica, um convênio com a Finch Soluções para oferecer novas plataformas de estudos e pesquisas nos cursos de graduação e pós-graduação no Direito.

O convênio leva para os estudantes, docentes e pesquisadores novas estruturas em tecnologia para agregar à formação acadêmica o conhecimento e uso de ferramentas de informática e inovação na aplicação do Direito.

A plataforma Finch oferece soluções em inovação para diferentes áreas de conhecimento, pesquisa e gestão. Terá conteúdo adaptado para atendimento na área jurídica.

O sistema traz para a cidade uma experiência usada com sucesso por grupo de advogados em Bauru e outras cidades.

A assinatura do convênio levou para a Semana Jurídica o reitor do Univem, Luiz Carlos de Macedo Soares, e do diretor da Finch e do FBM Advogados, Renato Madaliti.

“Essa semana jurídica é baseada nisso, agregar ao conhecimento jurídico o conhecimento de informática. Nenhum advogado vai conseguir chegar lá sem uma imersão na área tecnológica. Temos a felicidade desse convênio que traz uma plataforma que é usada por centenas de advogados”, disse o reitor do Univem.

Para ele, os alunos saem do curso melhor preparados para o mercado de trabalho e para a atuação em todas as áreas de carreiras jurídicas.

“Inclusive o Univem é pioneiro em desenvolvimento de ecossistemas e inovação para que alunos de todas as áreas possam estar preparados para o mundo que depende cada vez mais da informática.”

Renato Mandaliti disse que o convênio abre possibilidade para trazer profissionais – cientistas de dados, matemáticos, estatísticos – para auxiliar na formação do profissional do Direito do futuro.

“É um profissional que vai ter que dominar a área do direito, ciência do direito e outras técnicas para trabalhar no que se chama hoje de direito 4.0”, explicou.

Mandaliti destacou possibilidade de desenvolver soluções para outras linhas de pesquisa e estudos do Univem.

A primeira etapa envolve ainda uma nova postura no ensino e aprendizado de tecnologia, com adaptação para os alunos. “Não é uma formação para que os alunos de direito se tornem programadores. É um curso para que eles tenham acesso a mais informação e uso profissional da tecnologia ne o Univem está no caminho certo.”



O coordenador do curso de Direito do Univem, Edinilson Donizete Machado, afirmou que o convênio leva aos alunos conhecimento para que possa usar melhorar toda a estrutura que já é oferecida e que pode evoluir para novos serviços.

“Um exemplo é controle no STF hoje que já utiliza sistema para análise de recursos repetitivos, de forma digital. Isso tem impacto no exercício da profissão.”

A pró-reitora de Graduação, Raquel Ferraroni Sanches, destacou que o convênio indica uma nova mentalidade na formação dos profissionais.

“É uma mudança na forma de olhar para o meio jurídico e estamos permitindo a nossos alunos conhecer e ser inseridos neste novo modelo.”

Veja na galeria mais imagens da apresentação do convênio


Últimas Notícias