Giro Marília -Colóquio terá dois dias de evento com reflexão sobre a Loucura

“Século XXI – Reflexões sobre a loucura” é o tema do Colóquio que a Comissões Culturais da APM (Associação Paulista de Medicina)/Regional Marília e NPMR (Núcleo de Psicanálise de Marília e Região) realizam nesta sexta-feira (28/9) e sábado (29/9), na Casa do Médico, av. Pedro de Toledo, 179.

O encontro é aberto ao público, com vagas limitadas, as inscrições podem ser feitas na secretaria da APM. Informações pelo tel. (14) 3433-8186 ou através do e-mail: apmmar@terra.com.br

Segundo a psicóloga clínica Carla Oléa, o objetivo é pensar sobre a evolução na forma de compreender e tratar a loucura e sobre as contribuições trazidas por algumas ciências para a concepção da loucura hoje.

A avaliação considera as muitas décadas de evolução da psiquiatria, o advento da psicanálise, bem como as contribuições das ciências sociais e da filosofia.

Carla Oléa reforça que a mente humana é profunda e complexa, exige contínuos esforços das ciências para compreendê-la. Os sumérios, povo que viveu na Mesopotâmia em aproximadamente 2.500 a.C, já procuravam entender a mente, interpretando os próprios sonhos .

“Um dos aspectos imbricados nessa temática é a loucura, fenômeno multifacetado, e que se consolida no interior da civilização que o abriga. Desta monta, sua apreensão se relaciona diretamente com a época e a cultura vigente, bem como com os desenvolvimentos científicos e sócioculturais conquistados.”

A programação parte de Machado de Assis, em o Alienista, no Brasil do final do século XIX, para refletir sobre a mentalidade do século XXI e suas fartas loucuras cotidianas e vai com Foucault a um observatório onde é possível ver o entendimento que precedeu o modo contemporâneo de pensar a loucura.

Os palestrantes se debruçam sobre a contribuição psiquiátrica para o tema, bem como o olhar para o mote através da lente psicanalítica.

O público poderá ainda assistir a um documentário sobre modelos atuais de tratamento seguido de debate, e ao final a exibição de um filme.

Os organizadores solicitam a adesão com algum material como: tinta guache, de tecido ou PVA, barbante 6 ou 8, caixinhas de MDF, guardanapo branco, linhas de crochê, papel dobradura, cartolina, lápis de cor, glitter, cola branca, tela de pintura, juta, canetas coloridas e esferográfica e canetão, que serão doados aos CAPs e Oficina Terapêutica de Marília. Os materiais devem ser entregues no dia do evento.

Programação
Dia 28
entalidade e loucura cotidiana


Das 15h às 16h30: Tertúlia – Nossa parte Simão Bacamarte. Num intercurso entre a psicanálise e O Alienista. Com Carla Oléa, psicóloga clínica e escritora

19h: abertura oficial

19h15 às 20h15: Modernidade e pós-modernidade – problemas nos paradigmas da vida em sociedade, com José Geraldo Poker, prof. Dr. em Sociologia da Unesp Marília.

20h15 às 21h15: Mentalidade e Loucura Cotidiana, com Cibele Brandão, membro efetivo e psicanalista da Sociedade Brasileira de Psicanálise/SP

21h15 às 21h45: debate

Dia 29
O que mudou na Nau dos Loucos do século XXI


8h: Abertura
8h15 às 9h15: A captura do louco pela psiquiatria no contexto da grande internação, um percurso baseado na história da Loucura de Michel Foucault, com Luis Antonio Francisco de Sousa, prof. Dr. em Sociologia, Unesp/Marília

9h30 às 10h30: Loucura e Lucidez – uma perspectiva psicanalítica, com Alfredo Menoti Colluci, membro efetivo e psicanalista SBPSP

10h45 às 11h15: coffee break

11h15 às 12h15: Psiquiatria – Como eu vejo, com Valéria Garcia Caputo, prof Dra em Ciências da Saúde – Psiquiatria/Famema

14h: Vídeo – O Jardim de Roseiras

14h30 às 14h50: Construindo a narrativa de “Jardim de Roseiras”: reflexões sobre o processo criativo, com Paula Silva de Moraes Mello, artista visual, filósofa e diretora de “Jardim de Roseiras”

14h50 às 15h10: Caminhos, com Maria Cecília Cordeiro Delatorre, mestre em Ciências da Saúde – Saúde Coletiva/Famema

15h10 às 15h30: Lembranças – Buscando transformações, com Rosa Maria Batista Dantas, psiquiatra e psicanalista – Famema, membro da SBPSP

16h30 às 17h50: Filme – A Loucura entre Nós, de Fernando Fontes Vareille/2015

17h50 às 19h: comentários e debates

19h: encerramento  


Últimas Notícias