b
Giro Marília -Marília despenca no ranking mas segue entre 100 Cidades Inteligentes do país

Marília é a 88ª colocada em um ranking que lista a cem Cidades Inteligentes do país com analise de indicadores em 11 setores que envolve mobilidade, urbanismo, ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança.

O resultado, apesar de manter a cidade entre as cem líderes do país , mostra uma queda vertiginosa desde o último estudo, realizado no ano passado, quando a cidade ocupou a 50ª posição.

O estudo coloca Marília em boas posições em dois dos 11 setores. A melhor delas, em economia, tem a cidade na 36ª posição. Em saúde Marília é a 48ª cidade da lista.

Araraquara (48ª), Prudente (50ª), Botucatu (51ª), São Carlos (54ª), Bauru (74ª) e Lins (84ª) são algumas cidades com melhor posição no ranking. Curitiba lidera a lista com São Paulo na segunda posição, uma inversão do resultado de 2017.


O Ranking Connected Smart Cities foi desenvolvido pela Urban Systems, uma empresa de consultoria que produz levantamentos para publicações como a Revista Exame e diferentes segmentos do mercado.

O levantamento usa uma metodologia própria e exclusiva, em parceria com a Sator, empresa organizadora do evento homônimo e a líder na elaboração de plataforma d e negócios.

O objetivo é mapear as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil através de indicadores que retratam inteligência, conexão e sustentabilidade.

Por haver diversos conceitos de Cidades Inteligentes, desde os que estão mais apoiados em tecnologia, até aqueles que estão mais relacionados ao meio ambiente e a sustentabilidade, elaboramos um Ranking que considera diferentes fatores de qualidade e investimentos.

Os dados contabilizam desde estruturas urbanas como ciclovias, transporte coletivo e automóveis por habitantes a serviços como paralisação do abastecimento de água e tratamento de esgoto.

Usa dados sobre produção de energia, número de ligações/acessos à Internet, registro de patentes e também avalia condições de qualidade de vida, como índice de mortalidade infantil, taxa de abandono de escolas e alunos por turma, além de PIB per capita, taxas de homicídios, acidentes de trânsito.

Acesse a íntegra do estudo com os dados da Urban Systems


Últimas Notícias