Reprodução/Google Play Store Threads tem perda de engajamento

Threads tem perda de engajamento
Reprodução/Google Play Store
Threads tem perda de engajamento

O número de usuários ativos diários no Threads caiu cerca de 70% em duas semanas, de acordo com dados da empresa de inteligência de mercado Sensor Tower divulgados pelo jornal estadunidense The Wall Street Journal nesta sexta-feira (21). Atualmente, cerca de 13 milhões de pessoas usam o aplicativo diariamente.

Outro levantamento, da empresa de análise de dados digitais SimilarWeb, mostra que o tempo médio gasto pelos usuários na rede social diminuiu de 19 para quatro minutos.

Enquanto o Threads viu seu engajamento cair, o Twitter pemanece intacto, aponta a SensorTower. Na rede social, o número de usuários ativos diários, de cerca de 200 milhões, continua o mesmo de antes do lançamento do concorrente. Já o tempo que os usuários passam na rede social diariamente é de, em média, 30 minutos.

Quando foi lançado, o Threads atingiu picos de downloads e audiência muito rapidamente. O aplicativo é o mais rápido da história a atingir 150 milhões de downloads , feito que alcançou em apenas seis dias.

Faltam recursos


Um dos grandes motivos pela queda de usuários ativos no Threads é a falta de recursos básicos. Por enquanto, a rede social não tem hashtags, buscas por tópicos de interesse, assuntos em destaque, edição de publicações, feed opcional, mensagens diretas e outras ferramentas que o concorrente Twitter oferece.

A Meta vem prometendo, desde o lançamento, melhorar o Threads. Nesta quinta-feira (20), a conta oficial da rede social voltou a dizer que está trabalhando para liberar novos recursos.

No início da semana, o Threads havia anunciado uma atualização para o iOS que daria aos usuários acesso a novos recursos. No dia seguinte, porém, o engenheiro de software do aplicativo Cameron Roth informou que o update foi pausado após atingir apenas 1% dos usuários porque houve "um problema que causa falha nas solicitações de rede". "Você terá que esperar até que consertemos isso antes de lançarmos [a atualização] de forma mais ampla", escreveu o engenheiro em sua conta no Threads.

Saiba tudo sobre o lançamento do Threads


Fonte: Tecnologia