Foto: Reprodução 8 lugares para conhecer em Minas Gerais nas férias

8 lugares para conhecer em Minas Gerais nas férias
Foto: Reprodução
8 lugares para conhecer em Minas Gerais nas férias
Embarque numa jornada inesquecível durante suas férias explorando os encantos de Minas Gerais. Com sua mistura única de história, cultura e natureza deslumbrante, o estado oferece uma variedade de destinos imperdíveis. Descubra 8 lugares fascinantes que prometem proporcionar experiências memoráveis , desde cidades históricas pitorescas até cenários naturais exuberantes. Prepare-se para explorar as riquezas de Minas Gerais e criar memórias duradouras nas suas próximas férias!

Leia também: 7 cidades imperdíveis para visitar na Argentina.

8 lugares para conhecer em Minas Gerais nas férias

Aproveite um dos estados mais amados do Brasil!

1. Capitólio


Capitólio, conhecida como o "Mar de Minas Gerais", destaca-se como um destino imperdível para os amantes da natureza. Com dezenas de cachoeiras e o deslumbrante Lago de Furnas, a cidade e suas vizinhas, como João Batista do Glória e São José da Barra, oferecem uma variedade de atrações acessíveis para toda a família.

Um passeio de lancha pelo Lago de Furnas, explorando os Cânions de Capitólio, é uma experiência inesquecível, complementada por visitas a cachoeiras como Paraíso Perdido e Pé da Serra. O Mirante dos Cânions proporciona vistas espetaculares do lago. Com diversas opções de trilhas e cachoeiras, Capitólio é um dos melhores destinos de Minas Gerais para desfrutar da natureza.

2. Congonhas

Congonhas, em Minas Gerais, é um destino turístico notável que abriga as impactantes esculturas de Aleijadinho, especialmente "Os Doze Profetas". Essas obras, protegidas pela Unesco, adornam o Santuário do Bom Jesus dos Matosinhos e são consideradas Patrimônio Cultural da Humanidade.

Além das esculturas, a cidade apresenta a Igreja do Bom Jesus de Congonhas e capelas retratando os Passos da Paixão de Cristo, todas enriquecidas com a genialidade de Aleijadinho. O Museu de Congonhas oferece um acervo moderno, aprofundando-se na obra do artista e ressaltando a importância histórica, cultural e artística da cidade em Minas Gerais.

3. Carrancas

Carrancas, a apenas 90 km de Tiradentes, é um refúgio sereno e encantador para os amantes de cachoeiras. Integrando a rota das cidades históricas de Minas Gerais, a cidade oferece uma experiência dedicada aos revigorantes banhos em suas mais de 70 cachoeiras, muitas delas integrando complexos naturais.

Destacam-se a Cachoeira da Esmeralda, Cachoeira da Fumaça, Cachoeira do Salomão, Cachoeira do Moinho, Cachoeira Véu da Noiva e Cachoeira da Zilda, proporcionando uma conexão única com a natureza e um escapadela tranquila.

4. Tiradentes

Tiradentes, um dos destinos mais encantadores de Minas Gerais, é caracterizado por suas ruas de pedra e casarios coloniais vibrantes. A cidade oferece uma atmosfera tranquila e acolhedora, convidando a dias despreocupados de descanso e exploração. O Centro Histórico destaca pontos notáveis, incluindo a Igreja Matriz de Santo Antônio, o Museu Casa Padre Toledo, a Igreja Nossa Senhora do Rosário e o Museu de Sant’Ana, com capelas retratando os Passos da Paixão de Cristo.

O Largo das Forras proporciona um refúgio sombreado, enquanto o Chafariz de São José e as charmosas lojas de arte e artesanato contribuem para a atmosfera única. Com caminhadas agradáveis e degustações locais, Tiradentes promete cativar com seus pequenos prazeres e autenticidade.

5. Serra da Canastra

Explore a Serra da Canastra, o paraíso dos queijos em Minas Gerais, com destaque para o Queijo Canastra. O circuito turístico inclui visitas a fazendas como Estância Capim Canastra, Sítio Bela Vista, Fazenda São Bento e Fazenda Pingo do Mula, proporcionando uma experiência gastronômica única.

O Queijo Canastra, Patrimônio Cultural Brasileiro, pode ser degustado in loco, com momentos especiais, como na fazenda Pingo do Mula, que oferece vivências na produção, degustação e refeições no cenário deslumbrante da Serra da Canastra. O retorno a Belo Horizonte pode incluir uma parada no Queijo do Serjão, em Piumhi, conhecido pelo raro mofo branco na produção do Canastra. Uma jornada imperdível para os amantes da culinária mineira.

6. Belo Horizonte

Belo Horizonte, a capital de Minas Gerais, é um destino turístico imperdível com atrações diversas para viagens de curta duração. A cidade oferece experiências culturais e gastronômicas, uma ideia é começar pela Lagoa da Pampulha, que abriga a Igrejinha de São Francisco de Assis, Casa Kubitscheck, Casa do Baile e o Museu de Arte da Pampulha – MAP.

No centro, a Praça da Liberdade concentra espaços culturais como o Centro Cultural Banco do Brasil, Memorial Minas Gerais, Museu das Minas e do Metal, Espaço do Conhecimento da UFMG e Casa FIAT de Cultura. Se tiver mais tempo, aprecie o pôr do sol no Mirante do Mangabeiras ou Praça do Papa. Não deixe de visitar o Mercado Central para degustar os deliciosos quitutes mineiros.

7. Ouro Preto

Ouro Preto, destaque no roteiro de cidades históricas de Minas Gerais, é uma joia do século XVIII com paisagens e obras de arte de valor inestimável. A cidade oferece alguns dos principais pontos turísticos do estado, através da imersão na arquitetura colonial e nas obras de artistas renomados, como Aleijadinho e Mestre Ataíde. Além disso, os viajantes podem desfrutar dos sabores tradicionais da culinária mineira.

Com inúmeras ladeiras, Ouro Preto encanta com igrejas imponentes, como a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, a Igreja de São Francisco de Assis e a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, entre outras. Os museus, como o Museu da Inconfidência e o Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas/UFOPS, oferecem uma rica experiência cultural. Ouro Preto é um destino que cativa os visitantes com sua história, arte e beleza.

8. Mariana

Uma visita a Ouro Preto se torna completa ao incluir Mariana no roteiro, formando uma dupla imbatível no circuito de cidades históricas de Minas Gerais. Mariana, rica em história colonial relacionada ao Ciclo do Ouro, oferece aos visitantes belas igrejas, casarões coloniais, pequenos museus e uma atmosfera nostálgica.

Destaca-se o imperdível passeio de trem entre Ouro Preto e Mariana. A Igreja de São Francisco, com pinturas de Mestre Ataíde e púlpitos atribuídos a Aleijadinho, é uma estrela da cidade. Ao lado, a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, mesmo após um trágico incêndio em 1999, preserva um belo altar-mor. Essa experiência conjunta enriquece a jornada pelas preciosas cidades históricas de Minas Gerais.


E aí, curtiu essa matéria? Então conheça e siga a gente em nossos perfis no Facebook , Instagram , Twitter e Pinterest para conferir muito mais!

Fonte: Mulher