source
Vacina contra a covid-19
Pixabay
Vacina contra a covid-19

Em meio à discussão sobre a vacinação contra covid-19, o neurocientista argentino Facundo Manes chama atenção para um assunto que, mesmo lembrado por grande parte dos brasileiros, ainda, segundo ele, não recebe atenção devida do poder público: a saúde mental

Para o especialista, "não se pode separar saúde física da saúde mental, saúde é uma só", disse, durante o Summit Saúde, realizado pelo Estadão. Ele opina que a saúde mental "é tão importante quanto a vacinação".

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), "saúde" significa o bem-estar completo do indivíduo: físico, mental e social.

"Lamentavelmente, muitos fgovernos da América Latina, e também no resto do mundo, concentram seus esforços na saúde física, deixando de fora a saúde mental", completa.

Nesta semana, uma pesquisa divulgada pela Ipsos revelou que o brasileiro é o povo que mais se preocupa na saúde mental em todo mundo - três em cada quatro pessoas responderam a um questionário dizendo que pensam muito ou consideravelmente em seu próprio bem-estar mental, o que representa 75% da população.

Fonte: IG SAÚDE