Uma campanha de assinaturas online pretende atingir 35 mil nomes em um manifesto de apoio ao projeto de lei 2839/2019 que tramita no Congresso Nacional e institui o Programa de Ensino e Conscientização sobre Doação e Transplante de Órgãos e Tecidos nas escolas

“Precisamos que o governo tome uma atitude para conscientizar a população sobre doação de órgãos. Quantas pessoas ainda vão morrer na fila de espera?”, diz o manifesto.

O projeto, chamado de Lei Tatiane, lembra a morte de Tatiane Penhalosa, que morreu após esperar dois anos por um transplante de coração, e virou símbolo nacional da campanha.

Segundo o manifesto, dados do RBT - Registro Brasileiro de Transplantes apontam que apenas nos últimos quatro anos, 9289 pessoas morreram esperando um órgão no Brasil, dessas 261 eram crianças.

“Enquanto isso, 43% dos brasileiros ainda NEGAM a doação de órgãos de familiares. Tatiane poderia ter sido salva com um SIM.”

A
 ideia é que o tema da doação seja abordado em discussões nas escolas públicas e privadas e no ambiente acadêmico para que jovens cresçam e entendam seu significado e vejam que essas mortes poderiam ser evitadas.

“Chega de assistir pais enterrando seus filhos, pessoas enterrando o amor de suas vidas, filhos e netos enterrando precocemente seus familiares! Assine para nos ajudar a aprovar a Lei Tatiane!”

Acesse a página do manifesto para ver a íntegra do documento e assinar.