A modelo Sabrina Paiva, Miss São Paulo em 2016 e atualmente participante do reality A Fazenda, da Record TV, foi vítima de um caso de racismo transmitido ao vivo durante etapa do programa.

Sabrina foi ofendida por um operador de câmera. Um áudio - vazado durante o programa – permite identificar a frase “senta logo aí, macaca”, durante reunião de todos os participantes à espera de uma prova da competição.

A Record emitiu nota em que informa a demissão do operador e o supote para que Sabrina faça eventual denúncia formal a qualquer momento.

A emissora informou que o funcionário foi contratado pela produtora Teleimage, que presta serviço para a rede. Alguns ‘peões’ – como são chamados os participantes – ainda questionaram se a ofensa teria ocorrido.

Ainda no comunicado, a Record TV afirmou que "repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito". Por se tratar de ofensa racial, Sabrina Paiva será informada sobre a consequência e ela terá o direito de fazer a representação legal ao ofensor, "se assim quiser e no momento que desejar".

A assessoria jurídica da participante informou que vai notificar o Ministério Público do Estado de São Paulo a respeito da injúria racial.

Vea abaixo vídeo divulgado pela assessoria da modelo na conta do Twitter