Giro Marília -Escolas estaduais terão educação continuada sem reprovações neste ano

A rede estadual de ensino em São Paulo apresentou plano de ensino para 2020 e 2021 com proposta de educação continuada, ou seja, aprovação automática, de todos os alunos que cumpram mínimo de atividades a ser estabelecidos..

O anúncio foi feito em entrevista coletiva do secretário estadual Rossieli Soares. Ele disse que cada estudante precisa apresentar mínimo de atividades para ser beneficiado pelo programa. As escolas vão definir estes limites.

A medida vale inclusive para alunos do terceiro ano do ensino médio, que habilita os estudantes para participar de vestibulares. O programa prevê que os 2020 e 2021 sejam tratados como um ciclo único com avanço permanente dos estudantes com mais oportunidades para a aprovação dos alunos.

As escolas estaduais devem oferecer em janeiro um programa de reforço escolar e estudos intensivos para recuperação. A secretaria prevê contratação de até dez mil professores estas atividades.

O Estado prevê iniciar em 1º de fevereiro o ano letivo de 2021 com uma avaliação para medir o nível de aprendizado em todas as unidades. O planejamento oficial projeta aulas 100% presenciais no ano de 2021.

Rossieli Soares afirmou ainda que a Secretaria mantém um sistema de acompanhamento de casos de abandono e que haverá mensagens por SMS e busca dos alunos para que entreguem as atividades e mantenham o vínculo com a escola. Alunos e responsáveis serão procurados.