Giro Marília -Sistema do Estado falha e atribuição de aulas tem confusão em Marília

O sistema de atribuição de aulas para 2020 na rede estadual em Marília foi suspensa nesta quinta-feira após confusão com lista de professores provocada por problemas com sistema de lançamento de dados do governo do Estado.

A atribuição foi iniciada na segunda-feira e a lista para os professores habilitados da chamada Categoria O apresentou problemas com falta de nomes e algumas informações sobre a categoria.

O encontro a partir das 10h desta quinta reuniu diversos professores e novas queixas. Uma reunião no local definiu pela suspensão para regularização das listas de forma manual, o que deve ser concluído até esta sexta, quando haverá novo encontro.

A atribuição deverá ser feita das 13h às 20h. Caso ainda haja aulas a serem atribuídas seria feita uma nova sessão na segunda-feira.

O professor Juvenal Aguiar, dirigente da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Estado), acompanhou o processo e disse que a equipe da diretoria regional atendeu os professores “de maneira maravilhosa” e culpou o modelo da Secretaria da Educação pela falha.

“O problema foi a secretaria, um novo modelo que reduziu o período e fez tudo de forma digitalizada e faltaram informações. Desde segunda feira acontece a atribuição e às 10h de hoje continuava com erros”, disse o professor.

Segundo Juvenal, diferente de anos anteriores há previsão de vagas para todos os professores Categoria O. “Houve aumento de aulas, acreditamos que todos os que estão na rede devem permanecer em atividade”, afirmou.

O Giro procurou a Secretaria Estadual de Educação para falar sobre o caso e aguarda manifestação oficial sobre o caso.


Últimas Notícias