Giro Marília -De virada, Maquinho bate CAT e mantém liderança no Paulista Sub-20

Pela primeira vez, o Marília conheceu o que é estar em desvantagem no placar neste Campeonato Paulista Sub-20. E daí? Com qualidade técnica de sobra, virou pra cima do Taquaritina, por 2 a 1, nesta quinta (9), no Abreuzão, e faturou mais três pontos.

A quinta vitória em seis jogos manteve a invencibilidade e a liderança do Tigre no Grupo 2. Aberto com um golaço de Kevin, o placar final contou com os belos gols de Leanilto e do zagueiro Diego.

O Marília volta a campo na próxima quinta-feira (16) para enfrentar o Assisense, em Assis (SP), às 15 horas. Artilheiro do time com cinco gols, Guilherme Vieira se contundiu nesta quinta (9) e virou dúvida para o confronto.

O JOGO

Líder isolado, jogando em casa e diante de um vice-lanterna de ótimas lembranças: uma goleada de 5 a 2, em Taquaritinga. Pra ajudar, nem o sol entrou em campo: agradáveis 29 graus, sob nuvens. Bastava ao Marília fazer sua parte.

Aos 15, em sua primeira tentativa em cobrança de escanteio, Maycon quase buscou o ângulo superior direito em cabeceio no meio da área. Na busca pelo gol, o Tigre perdeu seu artilheiro, Guilherme Vieira, contundido, logo depois.

O CAT, que só se defendia, chegou pela primeira vez à meta maqueana aos 22. Único remanescente da formação goleada no primeiro turno, o zagueiro Juan subiu entre os zagueiros e cabeceou para fora.

Na segunda chance, o centroavante Kevin não perdoou: aos 25, ele percebeu o goleiro Henrique adiantado e bateu do meio da rua, por cobertura. Um golaço. Apesar da desvantagem no placar, o Marília mantinha o domínio do jogo.

Nessa toada, prevaleceu a qualidade técnica. Aos 34, Vitor Hugo invadiu a área pela direita e tocou para Leanilto empatar o jogo. O meio-campista Diogo, que iniciou a jogada do gol, deitava e rolava na frente da zaga visitante.

Foi dos pés dele o cruzamento feito sob medida em cobrança de falta para Diego subir, cabecear e virar o placar, ainda aos 3 da etapa final. A bola ainda bateu no pé da trave antes de correr pelo fundo da rede do Taquaritinga.

Aos 7, Diogo aprontou de novo. Deu um rolinho por entre as pernas do adversário e espanou na finalização, da entrada da área. Aos 12, Leanilto mandou uma carretilha sobre o lateral esquerdo. A garotada estava ‘on’.

Aos 28, em rápido contra-ataque, o Leanilto atrasou o último passe para Diogo que, impedido, fez o terceiro. Não valeu. Aos 31, até o sol apareceu para brilhar ainda mais a exibição do Marília, que seguia no comando da partida.

O CAT até levava algum perigo. Aos 38, Juan – de novo, ele – espanou na finalização após cobrança de escanteio. Mas o dia era de Marília. Segue o líder.


Últimas Notícias