Giro Marília -Estreia de futsal feminino ‘reativa’ esportes coletivos em Marília

Quase treze meses após ter suas atividades suspensas por causa da pandemia da Covid-19, os esportes coletivos de Marília começam a voltar, aos poucos, à rotina de treinos e jogos, apesar de a disputa contra a doença seguir ininterrupta na cidade.

O time municipal de futsal feminino dá o ‘pontapé inicial’ a esta ‘reativação’ neste sábado (24) em dérbi contra o Vera Cruz, às 18h30, na cidade vizinha a 12 quilômetros, em jogo de estreia pela Copa Estadual.

Em virtude da pandemia, a partida não terá acesso ao público, mas será transmitida ao vivo pela TVTS Tudosports, através de sua página no Facebook. A realização da Copa Estadual é da Liga de Desenvolvimento Nacional de Futsal Feminino (LDNF).

PARCERIAS

A equipe de futsal feminino foi apresentada oficialmente na manhã desta sexta-feira (23), na Prefeitura de Marília por conta da parceria entre a Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer (SELJ) e o Marília Atlético Clube (MAC).

Além da estrutura oferecida pelo município e o distintivo pelo clube, a equipe conta ainda com patrocínios para a cobertura de custos. O modelo deve ser repetido para formação da equipe masculina de futsal.

“Sem a colaboração dos empresários fica difícil”, afirmou o secretário municipal da SELJ, Daniel Sabino. A retomada dos treinamentos e a montagem do elenco masculino está prevista para acontecer entre agosto e setembro.

DENTRO DA LEI

A parceria do MAC com o futsal feminino pode não ser a única com a administração municipal, cujo prefeito, Daniel Alonso (PSDB), também é o atual presidente do clube, que não tem equipe feminina de futebol.

Segundo informou o vice-presidente e assessor de Assuntos Estratégicos do Governo Daniel, o advogado Alysson Alex Souza e Silva, a expansão da parceria para outras modalidades vai depender das condições de legalidade.

“É bem simples: aquilo que for possível e legal. Amanhã o MAC pode ter time de basquete, de vôlei masculino e feminino, handebol, futsal masculino, e por aí vai. Tudo que for bom para a cidade de Marília, e a lei nos permitir, vamos buscar fazer”, afirmou o vice-presidente.

OUTRAS MODALIDADES

Além do futsal, outras modalidades coletivas também devem ser reativadas em breve. Casos do voleibol masculino e do bandebol e do basquete masculino e feminino, segundo informou o secretário ao Giro Marília.

“Teremos a volta aos treinos, mas sem calendário de competição”, ponderou Daniel Sabino. A equipe de atletismo é a única modalidade cujos treinamentos foram mantidos, mesmo durante toda a pandemia.

A modalidade foi ‘beneficiada’ por ser praticada em espaço aberto nas dependências do Poliesportivo “Pedro Sola”. Não por acaso, o calendário oficial do atletismo foi mantido – inclusive com participações da equipe municipal de Marília.


Últimas Notícias