Giro Marília -MAC perde invencibilidade em ‘reestreia’ do Paulista da A3

O Marília perdeu para o Desportivo Brasil, por 2 a 1, em Osasco (SP), nesta terça-feira (27), em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série A3. A competição foi retomada após uma paralisação provocada pela pandemia.

Com a derrota, o Marília perdeu a invencibilidade na competição após duas vitórias e um empate. O Tigre, que começou a rodada como vice-líder, desceu uma posição na tabela. A rodada desta terça (27) foi completa.

O Marília buscará sua reabilitação já nesta quinta-feira contra o Olímpia, em Olímpia, às 22 horas. O alviceleste já volta a jogar no sábado, desta vez no Abreuzão, contra o Barretos, no mesmo horário.

O JOGO

O Marília não levou um minuto para chegar com perigo ao gol do Desportivo Brasil. Luan Gama cruzou da direita e Gustavo Nescau desviou para a linha de fundo. Aos 12, Léo Couto arriscou de longe e o goleiro Levi espalmou no seu canto rasteiro esquerdo.

O MAC exigiria o goleiro do Desportivo Brasil em outro chute de longe, aos 18, desta vez por Joãozinho. O time de Porto Feliz, que pouco atacava, encontrou uma jogada na entrada da área, aos 30. Tito tentou um chapéu e Geninho tocou com a mão na bola. Pênalti.

Kaynan Ribeiro partiu devagar para a cobrança e telegrafou. O goleiro maqueano fez a leitura e espalmou a bola. Apesar do pênalti perdido, o Desportivo Brasil cresceu no jogo. Aos 40, Lucão recebeu livre na entrada da área e tocou no canto esquerdo de Cleber Alves: 1 a 0.

De volta do intervalo, o MAC partiu pra cima do Desportivo Brasil em busca do empate. Tentou aos 4, com Joãozinho, em uma batida de fora da área e aos 6, com Léo Couto, que chutou fraco, livre, após cruzamento de Joãozinho.

Em vantagem no placar, o Desportivo Brasil passou a jogar no contra-ataque. Aos 15, deu certo: Tito recebeu livre na ponta direita e, mesmo caindo, bateu firme, alto e cruzado, sem chances para o goleiro maqueano.

Diante da situação, o MAC foi pra cima puxado pela velocidade de Orlando Junior. Aos 28, Lucas Lino acertou o travessão em chute de fora da área. Aos 34, ele tentou de novo mas Levi pegou, rasteiro.

Apesar da vontade de sobra, o Marília seguiu pressionando o Desportivo Brasil até fim. Aos 48, Lucas Lino foi recompensado por seu esforço: ele se antecipou ao goleiro Levi e cabeceou para o gol vazio.

RESULTADOS DA RODADA

Além de Desportivo Brasil 2 x 1 Marília, confira os outros resultados da quarta-rodada: Votuporanguense 2 x 2 Comercial, Capivariano 3 x 2 Barretos, Primavera 2 x 0 Linense, Batatais 4 x2 Nacional, Penapolense 0 x 3 Olímpia, Noroeste 1 x 1 São José e Rio Preto 0 x 0 Bandeirante.

CLASSIFICAÇÃO

1) Noroeste, 10 pontos; 2) Desportivo Brasil, 8; 3) Marília e Primavera, 7; 5) Nacional e Batatais, 6; 7) Olímpia, Comercial, Votuporanguense, Linense e Rio Preto, 5; 12) Bandeirante e Capivariano, 4; 14) Barretos e São José, 3; 16) Penapolense, 1


Últimas Notícias