Giro Marília -Marília no Olimpo: Atletismo domina participações nos Jogos

Abertos oficialmente na manhã desta sexta-feira (23) com uma celebração emocionante, os Jogos Olímpicos sediados em Tóquio, no Japão, terão representantes de Marília entre seus mais de 11 mil atletas.

O atual campeão no salto triplo, Thiago Braz, terá como concorrente o conterrâneo Augusto Dutra que, nos Jogos do Rio, em 2016, não passou da primeira fase. A estreia em Tóquio é no dia 30 de julho. A decisão da prova será em 3 de agosto.

A dupla participação mariliense confirma o domínio do atletismo entre todos os atletas da cidade que já tiveram a oportunidade de buscar o Olimpo. Dos nove, cinco saíram da equipe da modalidade da cidade.

Nos Jogos do Rio, Marília bateu seu ‘recorde’ de participações – três, no total – com João Vitor de Oliveira, nos 110 metros com barreiras. Ele foi eliminado na disputa da semifinal.

O mariliense, aliás, ganhou notoriedade mundial, desde então, por terminar a prova ‘mergulhando’ na linha de chegada. Naturalizado português, ele não conseguiu o índice para competir em Tóquio.

Do atletismo mariliense ainda disputaram as Olimpíadas Jadel Gregório, do salto triplo, quinto colocado em Atenas (2004) e sexto em Pequim (2008) e Osmar Barbosa dos Santos, que correu os 400 metros em Atlanta (1996) e os 800 em Sydney (2000) e Atenas.

OUTRAS MODALIDADES

Os outros quatro representantes de Marília nos Jogos Olímpicos participaram por modalidades diferentes. O destaque é Tetsuo Okamoto (1932-2007), o primeiro medalhista olímpico da natação brasileira.

Okamoto conquistou o bronze nos 1,5 mil metros em Helsinque, na Finlândia, em 1952. Radicado em Marília, Wilson Bombarda também esteve lá, pela seleção de basquete. Em 1962, em Melbourne, na Austrália, foi porta-bandeira na abertura oficial.

Também na ‘terra do canguru’, em Sydney, em 2000, Marília foi representada por Renato Sebra, na prova de Mountain Bike e Fabiano Costa, na seleção de futebol. Seabra teve o pneu furado e o são-paulino à época caiu diante de Camarões, nas quartas-de-final.


Últimas Notícias