Giro Marília -Rui Chapéu, lenda da sinuca, morre aos 76 anos em São Paulo

José Rui de Mattos Amorim, o Rui Chapéu, o mais conhecido nome da sinuca no Brasil, faleceu na madrugada deste sábado aos 76 anos, vítima de uma parada cardíaca.

A participação de Rui Chapéu em campeonatos transmitidos ao vivo pela televisão transformou o jogador em uma estrela, com viagens em todo o país, inclusive Marília, que visitou diversas vezes.

Nascido em 1940 em Itabuna, na Bahia, Rui Chapéu ganhou visibilidade nacional a partir de suas participações no programa "Show do Esporte", na Rede Bandeirantes, atração idealizada por Luciano do Valle.

Contratado pela Rede Bandeirantes, contribuiu para dar maior status, visão técnica e popularização da sinuca, que saiu da imagem de prática de bares para padrão de competições com nível esportivo.

Começou a jogar ainda criança, mas antes da fama trabalhou como caminhoneiro e comerciante, dono de uma mercearia, que vendeu para se dedicar à nova carreira.

Vivia das apresentações especiais. Sentiu mal estar por volta de 1h no apartamento da filha, em São Paulo. Levado ao hospital, foi diagnosticado com água no pulmão. Sofreu um infarto fulminante às 4h deste sábado.