Giro Marília -Virada heroica coloca Atlético Mineiro na parte de cima da tabela

 
Em uma noite de muita emoção no Nabi Abi Chedid, o Atlético-MG mostrou poder de reação e venceu o Red Bull Bragantino por 2 a 1, de virada, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols da vitória atleticana foram marcados por Zaracho e Paulinho, ainda no primeiro tempo. Lucas Evangelista abriu o placar para os donos da casa.

Com o resultado, o Galo chegou aos 13 pontos e subiu para a sexta colocação, ultrapassando o próprio Massa Bruta, que caiu para a sétima posição, com 12 pontos. A vitória fora de casa coloca os comandados de Eduardo Coudet na briga pela liderança do Brasileirão.

O jogo começou movimentado e com o Bragantino buscando o ataque. Aos 25 minutos, a equipe da casa abriu o placar em uma bela jogada ensaiada. Helinho rolou para Lucas Evangelista, que acertou um lindo chute de fora da área, sem chances para Everson.


Atrás no placar, o Atlético-MG se lançou ao ataque e buscou o empate ainda na primeira etapa. Aos 42 minutos, Zaracho aproveitou uma falha da defesa do Massa Bruta, driblou o goleiro Cleiton e chutou para o gol vazio, empatando o jogo

A virada atleticana veio pouco tempo depois, aos 44 minutos. Igor Gomes lançou Paulinho, que venceu a disputa com a zaga do Bragantino, invadiu a área e tocou na saída de Cleiton, marcando um belo gol e incendiando a torcida alvinegra presente no Nabi Abi Chedid.

No segundo tempo, o Bragantino voltou melhor e pressionou o Atlético-MG em busca do empate. O Galo, por sua vez, se fechou bem e apostou nos contra-ataques para tentar ampliar o placar. Aos 24 minutos, Cadu chegou a marcar o terceiro gol atleticano, mas o lance foi anulado após revisão do VAR, que identificou toque de mão do atacante.

Nos minutos finais, a partida ficou aberta, com chances para os dois lados. O Bragantino, porém, teve dificuldades para furar a defesa atleticana, mesmo com a expulsão de Eduardo Vargas, aos 46 minutos. O Galo também teve um jogador expulso, Rodrigo Battaglia, aos 55, mas conseguiu segurar o resultado e garantir a importante vitória fora de casa.

Próximos compromissos:

O Atlético-MG volta a campo na próxima segunda-feira (29), às 21h30 (de Brasília), para enfrentar o Palmeiras, na Arena MRV, em Belo Horizonte. Já o Red Bull Bragantino terá pela frente o Juventude, no domingo (28), às 18h30, no Estádio Nabi Abi Chedid.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 1 X 2 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 11/06/2024
Horário: 21;30 horas
Árbitro: Rafael Rodrigo Klein (FIFA) (RS)
Assistentes: Maira Mastella Moreira (FIFA) (RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Rodrigo Nunes de Sa (VAR-FIFA) (RJ)
Cartões amarelos: Lucas Evangelista, Thiago Borbas, Juninho Capixaba, Nathan e Eduardo (Red Bull Bragantino); Everson, Saravia, Rodrigo Battaglia, Bruno Fuchs e Mauricio Lemos (Atlético-MG)
Cartões vermelhos: Eduardo Sasha (Red Bull Bragantino); Rodrigo Battaglia (Atlético-MG)
Gols: Lucas Evangelista, aos 25 do 1ºT (Red Bull Bragantino); Matías Zaracho, aos 42 do 1ºT, e Paulinho, aos 44 do 1ºT

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Jadsom (Nathan), Eduardo Santos, Luan Cândido e Juninho Capixaba (Lincoln); Matheus Fernandes (Eduardo Sasha), Eric Ramires e Lucas Evangelista (Gustavinho); Helinho (Vinicius Mendonça), Thiago Borbas e Mosquera. Técnico: Pedro Caixinha

ATLÉTICO-MG: Everson; Saravia, Bruno Fuchs e Rômulo (Mauricio Lemos); Alisson Santana (Pedrinho), Igor Gomes, Rodrigo Battaglia, Zaracho (Igor Rabello) e Gustavo Scarpa; Paulinho e Cadu (Brahian Palacios). Técnico: Gabriel Milito

 

Fonte: Esportes

 

Últimas Notícias