Giro Marília -Justiça determina prisão de três envolvidos no espancamento em Garça, foragidos

A Justiça de Garça determinou a prisão preventiva de três homens acusados de tentativa de homicídio na agressão contra o mecânico Narciso dos Santos Silva, 24, espancado na madrugada do dia 1º de maio após uma discussão na rua com desconhecidos.

Os três são acusados de tentativa de homicídio com três agravantes e de corrupção de menores pelo envolvimento de um adolescente nas agressões.

A Polícia Civil da cidade fez neste sábado uma busca para encontrar os três acusados com apoio da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Marília mas eles não foram localizados e são oficialmente considerados foragidos.

O delegado Gustavo Danilo Pozer, responsável pelo inquérito, disse que o caso foi concluído na sexta-feira com pelo menos cem páginas de documentos e a manifestação pela prisão dos acusados, que foi acompanhada pelo Ministério Público.

“Promotor foi favorável à decretação das prisões preventivas e o Poder Judiciário emitiu no final da tarde os três mandados de prisão preventiva. Foram aos endereços dados por eles mesmos”, disse o delegado.

Para o Ministério Público, as agressões foram qualificadas por motivo fútil, meio que dificultou a defesa e meio cruel.

Narciso foi agredido com muitas pancadas na cabeça, mesmo quando já estava caído e inconsciente.  Ele segue internado em estado grave no Hospital das Clínicas de Marília. 


Últimas Notícias