Giro Marília -Visita leva remédio para impotência e ‘anotações suspeitas’ a preso

Uma visitante que encontraria um presidiário na Penitenciária “Valentim Alves da Silva” de Álvaro de Carvalho, foi detida depois que os agentes encontraram 51 gramas de maconha, 29 comprimidos de estimulante sexual e duas folhas de caderno com anotações suspeitas escondidas em seu corpo.

O caso engrossa a lista de presentes proibidos para presos na região. Em todo o sistema, foram flagradas drogas e presentes proibidos introduzidos nos corpos ou escondidos em roupas.

Em um dos casos, a mulher camuflou uma porção de maconha no forro da calcinha.  

Em todos os flagrantes, a Polícia Militar (PM) foi acionada para registrar boletim de ocorrência.

As unidades prisionais também instauraram Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam as drogas, estimulante ou anotações durante a visitação.      

A SAP informa que pessoas flagradas tentando entrar com objetos ilícitos em presídios são automaticamente suspensas do rol de visitas.


Últimas Notícias