Giro Marília -Arrependidos – Vereadores tentam reverter aumento de salários; vídeo cria polêmica

Seis dos oito vereadores que votaram a favor de um projeto para reajuste dos salários de vereadores a partir de 2021 em Marília iniciaram mobilização para reverter a medida.

O projeto, aprovado na sessão de segunda-feira, previa apenas regulamentação dos salários mantendo mesmos valores atuais. Mas sofreu uma emenda de última hora para reajustar em 23% salário dos parlamentares (veja mais aqui).

Danilo da Saúde, Maurício Roberto, João do Bar, Evandro Galette, Daniela D’Ávila e Marcos Custódio, que votaram a favor do reajuste, tiveram um encontro nesta quinta e encaminham um pedido de revogação da lei.

Mário Coraini Júnior e José Carlos Albuquerque, que complementaram os votos para aprovar a medida, não compareceram.

O grupo espera algumas definições legais para encaminhar a revogação. Uma das hipóteses é que o prefeito Daniel vete o aumento e a Câmara referende o veto. Outra possibilidade é que o aumento seja sancionado e os vereadores protocolem projeto para reverter a decisão.

Quatro vereadores que votaram contra o reajuste – Wilson Damasceno, Luiz Eduardo Nardi, José Luiz Queiroz e Cícero do Ceasa – engrossariam a lista para revogação.

VÍDEO

Um vídeo com parte da sessão que aprovou o reajuste virou polêmica nas redes sociais da cidade. A imagem mostra momento de uma votação em que os integrantes da Mesa Diretora – formada pelos vereadores Marcos Rezende, João do Bar e Evandro Galette – riem e fazem piadas após a votação.

Mas o presidente Marcos Rezende criticou a divulgação e diz que as imagens não tratam dos salários, mas da criação de cargos e que o momento de descontração teria sido provocado porque o vereador Luiz Eduardo Nardi demorou alguns segundos a mais para levantar, que é a forma de manifestar o voto contra o projeto.


Últimas Notícias