Giro Marília -Eletricista morre no HC dois meses após acidente em rodovia de Marília

Foi sepultado na segunda-feira (25) no cemitério do Parque das Orquídeas, o corpo do eletricista Nilson Silva, de 57 anos. Ele morreu após ficar quase dois meses internado no Hospital das Clínicas (HC) de Marília por se envolver num acidente entre carro e motocicleta no entroncamento das rodovias Dona Leonor Mendes de Barros (SP-333) e Transbrasiliana (BR-153).

O acidente ocorreu na noite do dia 29 de novembro, por volta das 21h20, na altura do quilômetro 314 da rodovia.

O industriário M.R.R., de 56 anos, conduzia um Toyota Corolla, placas de Pompéia, e na alça de acesso que liga as rodovias teria se perdido, ingressado na contramão de direção, e colidido frontalmente com a motocicleta Honda CG 160 Start, placa de Marília, pilotada por Silva

Com impacto, o eletricista sofreu ferimentos generalizados. Silva foi socorrido para o HC de Marília, onde permaneceu internado por 57 dias, mas não resistiu e morreu na manhã de domingo.


Últimas Notícias