Giro Marília -Golpe - Morador usa nome de paróquia para pedir dinheiro em lojas da zona sul

Um homem com aproximadamente 50 anos está percorrendo pontos comerciais da zona sul de Marília com envelopes de coleta da Igreja Católica para pedir dinheiro a lojistas usando o nome da Paróquia de Santa Rita de Cássia.

O caso foi revelado pela própria Paróquia junto a fiéis e grupos de redes sociais para orientar os comerciantes a negar doações e denunciar as abordagens.

O padre Thiago Barbosa, um dos párocos da Igreja, explica que no final de semana dos dias 12 e 13 a paróquia anuncia uma ação de doações para as Missões, que seria realizada nos dias 20 e 21.

A campanha envolveu entrega de alguns envelopes para a coleta. O homem conseguiu alguns dos envelopes e passou a usar antes da hora, com pedidos diretos a lojistas sem qualquer documento da igreja e sem qualquer destinação religiosa.

“Descobrimos ainda na semana passada. Um dos lojistas é paroquiano e os alertou. Ele também avisou ao homem que aquilo estava errado”, disse o padre.

O pároco explica que as campanhas de arrecadação no comércio são muito pontuais e os voluntários que participam levam ofícios assinados, identificação como membros da Paróquia, camisetas e outras formas de apresentação

“Toda a arrecadação da Igreja no mundo nestes dias foi direcionada para as missões religiosas e suas obras no mundo inteiro. Nada desses valores ficam na paróquia”, conta.


Últimas Notícias