Giro Marília -Marília tem sete mortes por Covid e 1.824 novos casos no acumulado do final de semana

A Prefeitura de Marília confirmou nesta segunda-feira, dia 26, mais sete mortes por Covid-19, chegando a 868 óbitos pela doença no município, incluindo os falecimentos ocorridos durante o final de semana. 

O boletim mostra ainda uma explosão de novos casos positivos, com 1824 novos registros e do número de pacientes curados. Segundo a Saúde, isso é resultado de uma atualização do sistema. cidade chega a 35.801 casos confirmados.

O número de considerados curados aponta aumento de 1.177 pacientes, são 33.989 pacientes que superaram o diagnóstico de Covid.

A Saúde aponta ainda 107 pessoas internadas, das quais 70 são casos confirmados.Covid.

O primeiro óbito é de uma mulher, de 55 anos, portadora de doença cardiovascular crônica, diabetes mellitus e outra pneumopatia crônica, segundo notificação do hospital. Ela teve início de sintomas no dia 18 de julho e foi a óbito na quarta-feira, dia 21 de julho. 

O segundo óbito é de um homem, de 80 anos, portador de doença cardiovascular crônica e diabetes mellitus, conforme notificação hospitalar. Ele iniciou sintomas no dia 1º de julho e foi a óbito no sábado, dia 24 de julho.

O terceiro óbito é de um homem, de 76 anos, portador de doença cardiovascular crônica, diabetes mellitus e doença renal crônica, de acordo com notificação do hospital. Ele começou a ter sintomas no dia 18 de julho e foi a óbito no sábado, dia 24 de julho.

O quarto óbito é de uma mulher, de 68 anos, portadora de doença cardiovascular crônica, diabetes mellitus, AVC e Imunodeficiência/Imunodepressão, segundo notificação hospitalar. Ela teve início de sintomas no dia 28 de junho e foi a óbito na sexta-feira, dia 23 de julho.

O quinto óbito é de um homem, de 41 anos, portador de obesidade, conforme notificação hospitalar. Ele iniciou sintomas no dia 30 de junho e foi a óbito na sexta-feira, dia 23 de julho.

O sexto óbito é de um homem, de 87 anos, portador de diabetes mellitus, neoplasia de cólon e doença renal crônica, de acordo com notificação do hospital. Ele começou a ter sintomas no dia 25 de junho e foi a óbito no domingo, dia 25 de julho.

E o sétimo óbito é de uma mulher, de 55 anos, portadora de obesidade, segundo notificação hospitalar. Ela teve início de sintomas no dia 10 de junho e foi a óbito no sábado, dia 24 de julho.


Últimas Notícias