Giro Marília -Paisagem, bem-estar e liberdade inspiram urbanista para viver no Vale do Canaã

Paisagem, bem-estar, liberdade com segurança e privacidade garantidas são os principais benefícios apontados pela arquiteta e urbanista Silvia Siscar para viver com a família e desenvolver projetos no condomínio Vale do Canaã, o residencial que mudou o conceito de moradia em Marília.

Silvia Siscar levou para sua casa e outros trabalhos no condomínio uma história de vida e 20 anos de qualificação profissional.


Sílvia Siscar com maquete de uma residência projetada para o Vale do Canaã em seu escitório de arquitetura e urbanismo em Marília: estrutura única

Experiências em São José do Rio Preto (berço de reconhecidos condomínios fechados) onde viveu e projetou residências de alto padrão; em São Paulo, com projetos que foram de planejamento urbano a residências, e São Carlos, onde cursou a faculdade de arquitetura da USP.

“Conheço muitos condomínios de outras localidades, dentro e fora do estado de São Paulo e não existe nada parecido. É diferenciado pela proposta urbanística, pela localização e paisagem. Eu contextualizo os projetos criando relações com seu entorno e ali existe uma situação diferenciada em diversos aspectos”, destaca.

“Você tem muita liberdade criativa devido à qualidade dos terrenos, de dimensões e topografias únicos. Soma-se a isso uma paisagem rica e iluminação natural abundante. Um projeto neste condomínio é um presente para o arquiteto”, disse a arquiteta, que depois de sua casa, já assinou outros quatro projetos de construção no Vale do Canaã.


São todos projetos absolutamente diferentes, únicos, com propostas baseadas na relação com o externo: grandes aberturas de iluminação e integração, imóveis em diferentes proporções e com muita funcionalidade.

Sala que pode ser transformada em varanda, um dos projetos de Sílvia Siscar para o Vale do Canaã- Foto Pedro Kok/Divulgação

Ressalta, também, uma maior liberdade para ocupar os espaços. Um dos projetos inclui uma sala que, quando toda aberta, é transformada em varanda com acesso ao lazer e, simultaneamente, integra outros espaços da casa.



A primeira noite no empreendimento foi surpreendente: “Cadê o barulho? Eu tenho vizinhos de quase todos os lados, mas é um silêncio que impressiona.”

Um dos fatores muito interessantes apontados por ela é permeabilidade do solo. “em diversas regiões da cidade você tradicionalmente tem muitas áreas que mesmo não edificadas são impermeabilizadas. Ali não. Faz parte do conceito a ocupação ter um grande gramado ou jardim e consequentemente, área de permeabilidade. Você não tem muro. Ter gradil com cerca viva proporciona mais conexão com a natureza e o entorno e não deixa sua casa menos privativa.”

Você pode conhecer mais projetos e detalhes do trabalho na página Silvia Siscar Arquitetura no Facekook ou no Instagram.

NOVA FASE

O Condomínio Vale do Canaã está na terceira fase de vendas e oferece lotes com duas opções de tamanho – 17mX40m e 25mX40m – em condições especiais de pagamento parcelado.


O custo benefício nesta fase virou outro diferencial. O metro quadrado sai mais barato que residenciais com lotes menores, para um condomínio que oferece estrutura de lazer com lago, piscinas, academia equipada, quiosques, quadras, campos, playgrounds, trilhas de caminhada.

Tudo isso com segurança de ponta, que inclui tecnologia, equipes de ronda, portaria blindada, central de segurança isolada, câmeras em todo o perímetro coletivo.

“A segurança é fundamental! Ela permite projetos mais livres, com grandes áreas abertas e o uso de muito vidro. Além disso você faz uma caminhada à noite e se sente totalmente seguro. O sistema foi muito bem planejado e executado”, diz a arquiteta e urbanista.


Uma enorme área verde, com longos trechos de preservação permanente, árvores centenárias combinadas com projeto de paisagismo e urbanização são outros destaques.

Você pode conseguir mais informações  em qualquer imobiliária e corretor credenciado ao Creci na cidade.

Confira na galeria mais imagens do empreendimento. 


Últimas Notícias