Giro Marília -PF de Marília investiga donos de helicóptero com drogas; veja perseguição

A Polícia Federal de Marília abriu inquérito para identificar proprietários de um helicóptero apreendido com 250 tabletes de drogas na zona rural de Paraguaçu Paulista. A matrícula com informações da aeronave apontam uma construtora em São Paulo. .

Os tabletes foram pesados nesta sexta-feira e apontaram 280 quilos de cocaína. Um piloto com 42 anos de idade foi preso depois de abandonar a aeronave em uma área de canavial em Paraguaçu Paulista.

Ele foi localizado com apoio de cães farejadores – foi mordido durante a busca e passou por atendimento médico – e afirmou que as drogas seriam distribuídas em cidades da região, sem detalhes.

O registro do helicóptero mostra que a aeronave está em situação regular na Anac. É um Robinson R44, projetado para transporte executivo, de passeio e de turismo.

Foi guinchado até a sede da Polícia Federal em Marília, onde ficará apreendido para eventuais medidas futuras de destinação pela Justiça Federal.

Segundo a Polícia Federal, o caso está relacionado a outra apreensão, ocorrida em maio deste ano, quando um helicóptero com 150 quilos de drogas foi abandonado também em Paraguaçu.

O piloto preso, natural de Goiás, não deu detalhes sobre sua decolagem ou a origem das drogas. Além dos entorpecentes, ele deixou no helicóptero uma pistola calibre 9mm municiada.

Vídeos produzidos pela Polícia Militar, que fez o acompanhamento da aeronave com o helicóptero Águia, mostram deslocamento por diversas propriedades rurais e cruzamento de estradas vicinais e uma rodovia da região. Veja algumas das imagens