Giro Marília -Procurador pede condenação em caso que pode tirar Camarinha da eleição

O vice-procurador geral eleitoral Renato Brill de Góes apresentou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) um parecer contra o recurso do ex-prefeito Abelardo Camarinha para reverter condenação estadual que pode tirá-lo da campanha eleitoral.

Camarinha, seu filho, o ex-prefeito e atual deputado estadual Vinícius Camarinha; o dentista Élio Ajeka, que foi candidato a vice na chapa de Vinícius, e outros acusados foram condenados em Marília e São Paulo em ação que acusa abuso eleitoral na divulgação de reportagens de promoção dos ex-prefeitos e ataques a adversários, especialmente o então candidato e hoje prefeito Daniel Alonso.

Em fevereiro deste ano, Camarinha conseguiu que um recurso encaminhado para julgamento no TSE fosse recebido com efeito suspensivo, ou seja, a condenação  não provocaria qualquer punição até julgamento final, o que colocaria o ex-prefeito na campanha eleitoral deste ano.

O parecer apresentado pelo procurador pede que sejam mantidos os argumentos da sentença do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo e acusa o recursos de tentar “transformar argumentos já refutados pelo TRE/SP em supostas contradições e omissões, a fim de viabilizar a realização de mais um exame de mérito do caso, que já foi devidamente solucionado”.

Veja aqui a íntegra do parecer


Últimas Notícias