Giro Marília -Reitor do Santuário São Judas assume paróquia após afastamento de padre Toffoli

Padre José Antonio de Souza, da Congregação Jesus Sacerdote e reitor do Santuário São Judas Tadeu em Marília, assumiu em celebração na noite da quinta-feira a Paróquia Sagrada Família em substituição ao padre José Carlos Dias Toffoli, que pediu afastamento.

Toffoli pediu afastamento para “tempo de repouso”, concedido pelo bispo de Marília, dom Luiz Antonio Cipolini. Não participou da celebração de posse do novo administrador. José Antonio será novo administrador paroquial e terá apoio de padres da CJS nas celebrações, que serão feitas em forma de revezamento entre os religiosos.

A solenidade foi presidida pelo vigário episcopal da região um da Diocese de Marília, José Orandi da Silva, e concelebrada pelos padres Luiz Carlos Targino e Raphael da Cunha. Teve ainda participação dos diáconos Charles Coelho, Ismael de Mello e Cecílio Davi.

“Ele vem para sentar-se. Não para acomodar-se. Sentar para escutar e conduzir com sabedoria como Jesus”, disse padre Orandi na celebração.

A paróquia apresentou suas pastorais, seus movimentos e equipes através de seus representantes. O novo padre cumprimentou um a um, como faria ao final, ao atender uma longa fila de fiéis.

“Que possamos caminhar juntos, unidos, no mesmo ideal, no amor a Deus, à Igreja, servindo a todos com generosidade, alegria e disponibilidade, com as bênçãos do Senhor e a proteção da Sagrada Família”, afirmou o padre José.

O padre continuará a residir na São Judas Tadeu. As comunidades são vizinhas na zona norte de Marília.  “Eu preciso do apoio das duas comunidades para dar conta daquilo que Deus está nos pedindo”, pediu o sacerdote, o quinto da história da Sagrada Família, fundada por freis capuchinhos, em 1979.