Giro Marília -Unimar realiza primeira banca de defesa de mestrado acadêmico em saúde

O mestre aprovado Carlos Henrique Bertoni Reis, acompanhado dos docentes, Dra. Daniela Buchaim, Dra Elen Landgraf Guinger e o Dr. Geraldo Marco Rosa Júnior

O Programa de Pós-graduação em Interações Estruturais e Funcionais na Reabilitação teve o primeiro mestre aprovado. O ortopedista, Carlos Henrique Bertoni Reis apresentou a dissertação sobre consolidação. A banca examinadora foi composta pela docente, Dra. Elen Landgraf Guinger, o docente da USP Bauru, Dr. Geraldo Marco Rosa Junior, e a Orientadora do mestrando, Dra. Daniela Buchaim.

De acordo com o Mestre Carlos Henrique, foi um momento difícil, mas de muita emoção e satisfação. “Estou muito emocionado. A defesa é uma situação em que ficamos muito tensos, muito ansiosos, nos dias anteriores não me alimentei ou dormi direito. Fiquei muito preocupado. Mas, esta conquista é muito grande para a minha vida acadêmica, eu que convivo com os alunos, não dou aula, mas apoio todos eles com discussão de casos, vejo que tudo me ajudou com a minha formação. Agora, vamos embora para o Doutorado”, comemora.

A pesquisa do primeiro mestre em Interações Estruturais e Funcionais da Reabilitação teve como tema a consolidação com base na utilização de biomaterial, em que foi utilizada a fibrina derivada da cascavel para o processo de calcificação dos ossos.

Segundo a orientadora, Dra. Daniela Buchaim, participar deste momento foi uma grande satisfação profissional. “Eu me sinto extremamente feliz. O Carlos Henrique foi a primeira qualificação do programa e, agora, concretizando este sonho da primeira defesa. Não posso deixar de agradecer a nossa Mantenedora, em nome da Pró-reitora Fernanda, o nosso Coordenador do programa, Dr. Rogério. A Universidade de Marília incentiva demais a pesquisa, proporcionando aos acadêmicos da área da saúde a oportunidade da iniciação científica, do mestrado e logo mais, tenho certeza, o doutorado. Agradeço a todos.” enfatiza.

O Programa de Mestrado é voltado para todos os profissionais que atuam na área da saúde, entre eles, médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, educadores físicos, farmacêuticos, biomédicos, ortodontistas e fonoaudiólogos. O diferencial está na interação, com a formação de especialistas que complementam o processo de reabilitação do paciente, sendo preparados para atuar em qualquer tipo de patologia.

De acordo com o Coordenador do Programa de Mestrado Acadêmico em Saúde, Dr. Rogério Leone Buchaim, a primeira defesa foi a concretização do sonho do Mestrado Interdisciplinar da Área da Saúde. “A sensação foi a de realização. Lutamos muito por este mestrado, vimos que estávamos a um passo de concretização quando foram realizadas as qualificações e agora temos o primeiro mestre em Interações Estruturais e Funcionais da Reabilitação. Foi um momento extremamente especial, principalmente pela conquista do Carlos Henrique, que se tornou um grande amigo, um profissional que tem uma importante trajetória de vida e na área clínica da medicina e ortopedia, que agora se concretiza como professor mestre. A gente fica realizado”, destaca.

Ainda segundo o Coordenador, este sucesso do Mestrado se dá pela união e qualidade do corpo docente do Programa de Mestrado Interdisciplinar na Área da Saúde. “Quero agradecer demais a toda a Reitoria, a todos os alunos, os docentes do nosso programa, que é um grupo coeso e que tem alta produtividade científica. Coroamos este projeto, com a realização da primeira defesa, que teve transmissão simultânea para a indústria que forneceu todo o material para a realização da nossa pesquisa que está localizada em Portugal, graças a integração com a equipe do EaD da Unimar, que sai a frente com qualidade e estrutura de ponta. Fico muito realizado em fazer parte desta equipe e parabenizo, mais uma vez, o Dr. Carlos Henrique e toda a Universidade de Marília”, aponta.

Carlos Henrique Bertoni Reis e a esposa, Márcia Mesquita Serva Reis

O Mestrado Interdisciplinar da Área da Saúde foi aprovado pela CAPES em 2018, sendo que dos 154 pedidos protocolados, somente 14 receberam a autorização. O Projeto foi elaborado a partir da vocação da instituição na área da saúde e suas características essenciais como disciplinas de anatomia, fisiologia, farmacologia e práticas e inovações que beneficiam as crianças atendidas pelo Projeto Amor de Criança.

Para a Superintendente do Hospital Beneficente Unimar (HBU) e esposa de Carlos Henrique, Márcia Mesquita Serva Reis, foi um momento único para ela como pessoa e para a Instituição. “Foi uma tarde muito especial. Primeiramente, por uma questão pessoal, eu vi a concretização de um trabalho árduo que acompanhei por mais de um ano, em que ele veio  se dedicando, abrindo mão de lazer para escrever, pesquisar e fazer todo este projeto. E, para a Universidade, vemos o prestígio dos alunos e docentes, percebendo assim que esta pesquisa prática realmente vai servir para o cuidado com nossos pacientes. Fora a emoção, como esposa, estou muito orgulhosa, porque este mestre faz parte do Hospital Universitário, atendendo os pacientes e fazendo a diferença no cuidado do dia a dia”, comemora.  

Coordenador do Mestrado Interdisciplinar da Área da Saúde, Dr. Rogério Buchaim, e a Pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Ação Comunitária da Unimar, Fernanda Mesquita Serva

A Pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação da Unimar, Fernanda Mesquita Serva, destacou o momento épico que foi a primeira defesa. “Hoje é um dia histórico para a Universidade de Marília. Este projeto iniciou em 2017, embrionário, um ano depois tivemos a aprovação pela CAPES e hoje, tivemos a materialização de toda esta história de pesquisa e pró-graduação construída através de uma belíssima defesa de mestrado. Agora já mestre, professor Carlos Henrique Bertoni Reis”, destaca.

A defesa do mestrado foi realizada com a participação de poucos familiares, docentes e acadêmicos, respeitando as medidas de segurança impostas pelos órgãos de saúde, e transmitidas através de plataforma online.

Ainda segundo a Pró-reitora, a defesa sendo transmitida através da Unimar Conectada mostra a qualidade e parceria de toda a Universidade. “Quero agradecer a todo o time de docentes e alunos porque tivemos a presença de poucas pessoas, respeitando as regras que a pandemia nos impõe, mas tivemos a participação dos demais com a Unimar Conectada, através de plataforma online, sendo possível expandir esta defesa para os demais mestrandos e isso nos enche de orgulho. Quero agradecer a toda a equipe que faz com que, de fato, se tornasse realidade a conquista deste sonho”, finaliza.

Mais informações sobre o Programa de Mestrado Interdisciplinar na Área da Saúde podem ser obtidas através dos telefones 14 2105-4000 ou 2105-4099 ou pelo site https://portal.unimar.br/pos/mestrado/reabilitacao/


Últimas Notícias