Giro Marília -Protesto usa bustos de lama e lixo para 'homenagem' a governadores

Um protesto de ambientalistas contra a poluição nos rios Tietê e Pinheiros levou para a avenida Paulista, em São Paulo, bustos dos ex-governadores Geraldo Alckim e Luiz Fleury Filho produzidos com lama e matéria retirado dos reis.

Além dos bustos, o protesto incluiu placas com os anos em que os dois passaram pelo governo e as promessas – não cumpridas – de limpar os rios.

Os manifestantes incluíram ainda um busto não identificado, em nome de todos os governadores que não fizeram nada pelo rio Tietê, e um espaço vazio, dedicado ao atual governador João Doria, com a esperança de que ele não receba essa homenagem.

A manifestação aproveitou o Dia Mundial da Água (sexta-feira) para uma nova forma de alerta sobre a poluição nos rios e falta de medidas efetivas do poder público.

“Representamos Fleury e Alckmin, mas esse é um protesto contra todos os ex-governantes que prometeram recuperar os rios da cidade, limpar, despoluir, e até beber a água deles”, disse o publicitário Marcelo Reis, um dos coordenadores do movimento.



Últimas Notícias