Giro Marília -Investimento estrangeiro em janeiro é o menor em 15 anos

source
Valor representa queda de 30,7% comparado ao mesmo mês de 2020
Lorena Amaro
Valor representa queda de 30,7% comparado ao mesmo mês de 2020

O Banco Central (BC) divulgou nesta quarta-feira (24) as cifras de investimentos estrangeiros no Brasil em 2021. Em janeiro a economia brasileira somou US$ 1,838 bilhão (R$ 9,96 bi) em dinheiro direto do exterior. O valor é o menor em 15 anos , e representa uma queda de 30,7% na comparação com o mesmo mês de 2020, quando foi registrado o ingresso de US$ 2,654 bilhões (R$ 14,407 bi).

A queda no índice acontece devido à tensão nos mercados, causada pela pandemia do novo coronavírus , e também pelas dificuldades para aprovar reformas no Legislativo, enquanto a dívida aumenta, além do fraco nível de atividade (com o fim do auxílio emergencial).

Em todo ano passado, os investimentos estrangeiros somaram US$ 34,167 bilhões (R$ 185,09 bi), queda de 50,6% comparado com 2019. Foi o menor ingresso anual desde 2009.

Para 2021, o BC espera que os investimentos diretos de estrangeiros no país somarão para US$ 60 bilhões (R$ 325 bi) devido à "redução de incertezas relacionadas à pandemia e um ambiente externo mais favorável para economias emergentes". O Banco Central também estima maior crescimento doméstico, que deve melhorar a lucratividade das empresas estrangeiras no Brasil.

Balança comercial

As contas externas registraram um déficit de US$ 7,253 bilhões (R$ 39,34 bi) em janeiro, o que representa um rombo 29,6% menor na comparação com o mesmo mês de 2020 (-R$ 55,90 bilhões).

Esse também foi o melhor resultado para o mês de janeiro desde 2018, quando foi registrado um déficit de US$ 6,778 bilhões. Ou seja, foi o menor resultado negativo em três anos.



Últimas Notícias