Giro Marília -Na ONU, Bolsonaro diz que auxílio pagou cerca de mil dólares a cada beneficiário

source

Brasil Econômico

Bolsonaro
Reprodução
Bolsonaro discursou na ONU nesta terça-feira


Em  discurso na Assembleia Geral da ONU nesta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro disse que o auxílio emergencial pagou cerca de mil dólares a 65 milhões de beneficiários. 


Depois de dizer que a  imprensa quis causar pânico a respeito da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), Bolsonaro afirmou que o governo foi responsável por evitar "o mal maior".

"Sob o lema 'fique em casa' e 'a economia a gente vê depois', quase trouxeram [a imprensa] o caos social ao país. Nosso governo, de forma arrojada, implementou várias medidas econômicas que evitaram o mal maior", disse o presidente.

Bolsonaro descreve o auxílio emergencial como "o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo". De acordo com ele, cada um dos beneficiários recebeu, no total, "aproximadamente mil dólares".

O benefício concede, ao todo, cinco parcelas de R$600 e quatro parcelas de R$300. No total, portanto, cada beneficiário recebeu R$4.200. Mil dólares, na cotação atual, representam mais de R$5.400, uma diferença de R$1.200 (ou duas parcelas do auxílio) no arredondamento de Bolsonaro.

Durante seu discurso na ONU, o presidente também exaltou outras medidas tomadas pela equipe econômica do governo. Dentre elas, estão o auxílio a pequenas e microempresas e o socorro a estados e municípios.


Últimas Notícias