Giro Marília -Após dois anos de atrasos, Tesla inicia produção de picape elétrica

Divulgação Tesla Cybertruck pode não ser comercializada na Europa e Austrália por conta da carroceria em aço inox

Tesla Cybertruck pode não ser comercializada na Europa e Austrália por conta da carroceria em aço inox
Divulgação
Tesla Cybertruck pode não ser comercializada na Europa e Austrália por conta da carroceria em aço inox

A Tesla divulgou através do Twitter que a primeira unidade da picape elétrica Cybertruck finalmente foi produzida, mais de três anos após o anúncio do modelo , que teve sua produção adiada diversas vezes. A foto oficial contou com os funcionários da Gigafábrica do Texas , celebrando a produção da unidade.

Revelada em novembro de 2019, o Cybertruck chamou atenção pelo desenho angulado, que causou controvérsia e até foi proibido na Europa por questões de segurança . Além disso, a ausência de espelhos retrovisores chamou atenção, mas foi a carroceria em aço inoxidável , que pode atrasado a produção.

Como prometido pelo CEO Elon Musk , as primeiras entregas da picape deverão acontecer ainda este ano, com a produção atingindo um volume maior somente em 2024. No futuro, a Tesla estima que a produção chegue a 500 mil unidades por ano . Apesar dos atrasos e do veículo não ter sido entregue até hoje, os fóruns especializados em Tesla acreditam haver cerca de 1.5 milhão de pedidos para a picape.

Apesar da foto comemorativa e do anúncio oficial, a foto mostra apenas o lado direito do veículo, mas é possível ver que pelo menos uma porta do lado esquerdo não está no lugar .


A Tesla planeja um evento para anunciar oficialmente as primeiras entregas do Cybertruck no fim do trimestre, provavelmente durante a tradicional reunião trimestral entre os investidores da marca . Mais detalhes sobre a picape deverão ser revelados no evento.

Tesla Cybertruck deve chegar às ruas dos Estados Unidos ainda este ano
Divulgação
Tesla Cybertruck deve chegar às ruas dos Estados Unidos ainda este ano

O conceito do Cybertruck foi anunciado com 5,8 metros de comprimento, 2 metros de largura (não haviam retrovisores), 1,90 m de altura e 3,8 m de entre-eixos. Inicialmente, a picape seria equipada com até três motores elétricos e autonomia máxima de 800 km .

Apesar de não revelar muito, a unidade produzida traz algumas diferenças significativas em relação ao apresentado em novembro de 2019. A versão final traz retrovisores convencionais, mas não conta com maçanetas.

Em 2019, não haviam muitos rivais para o Cybertruck, mas fabricantes tradicionais de picapes como Ford, Ram , Chevrolet e GMC já estão no jogo e com um representante já consolidado, no caso da Ford F-150 Lightning .

Fonte: Carros


Últimas Notícias